Eu sou louco!

Irreverência, humor, criatividade, non-sense, ousadia, experimentalismo. Mas tudo pode aparecer aqui. E as coisas sérias também. O futuro dirá se valeu a pena...ou melhor seria ter estado quietinho, preso por uma camisa de forças! (este blog está registado sob o nº 7675/2005 na IGAC - Inspecção Geral das Actividades Culturais)

A minha fotografia
Nome:
Localização: Maia, Porto, Portugal

sexta-feira, fevereiro 25, 2005

1ª carta de S. Paulo aos coríntios

Não é minha intenção fazer aqui a transcrição de textos.
Uma vez por outra, no entanto, poderei fazê-lo.
E eis o primeiro caso:
Um excerto da Bíblia Sagrada, editada pela Verbo em 1982 e comemorativa da visita do Papa João Paulo II a Portugal; um pequeno naco da 1ª carta de S. Paulo aos coríntios.
Não comento, pelo menos por agora.
Espero os vossos comentários.
(e espero que ninguém fique zangado comigo...eh eh eh )

"...Mas quero que o saibais: a cabeça de todo o homem é Cristo, a cabeça da mulher é o homem e a cabeça de Cristo é Deus. Todo o homem que reza ou profetiza tendo a cabeça coberta, desonra a própria cabeça. E toda a mulher que reza ou profetiza, com a cabeça descoberta, desonra a própria cabeça, porque é como se estivesse rapada. Se uma mulher não se cobrir, corte também os cabelos. E se é vergonha para a mulher ter os cabelos rapados, então que se cubra. O homem não deve cobrir a cabeça, porque é imagem e glória de Deus; a mulher, porém, é glória do homem. O homem não foi tirado da mulher, mas a mulher do homem; nem o homem foi criado para a mulher, mas a mulher para o homem...."

Quem quiser ler mais que compre a Bíblia ou vá à biblioteca municipal...eh eh eh
E por aqui me fico, como prometi.
Devo dizer que não professo qualquer religião, nem sequer sou agnóstico. Não sou crente. Sou ateu.

13 Comments:

Anonymous Sérgio Aguiar said...

O que me arrepia nisto é que opiniões velhas de milénios sejam tidas como intocáveis por tanta boa gente...

Não acreditais?, digo, nisto de haver gente que toma por boas tais palavras? A ser assim, deixai que vos diga, incréus, andais pouco por aí...

Creio reconhecer o excerto (dos tempos em que a minha curiosidade me arrastava para essas aventuras), embora não consiga localizá-lo muma primeira "aprochegação". Acho que vou soprar a poeira do velho Livro.

Totalmente a leste de fés e fezadas - tanto ou tão pouco, que me aflijo da militância dos agnósticos, eh eh eh - acho que me sobra, só, um interesse intelectual: como raio conseguiram, paulos ou saulos, em tão pouco, deturpar as ideias de um homem? E como infectaram séculos de pensamentos e comportamentos?

Bem, não quero ser chato, fico por aqui.

(Castilho, os meus parabéns pelo blogue. Certamente que volto - mais não seja, para ler; mas espeo participar e trazer para cá o nosso amigo comum, Aurélio "Primavera" Santos)

12:28 da manhã  
Blogger António said...

Olá Sérgio!
É um prazer receber-te neste cantinho. E espero que o Aurélio também apareça. É altura de deixar de criticar o Santana e começar a fazê-lo com o Sócrates...eh eh
E quantos filhos já tem? Cinco? Sete? ah ah ah

8:34 da manhã  
Anonymous betania said...

Nem vou perder tempo a analisar aquilo que apenas convêm a homens machistas e preconceituosos que continuam a servir-se de textos com milénios e em contextos de tempo e culturas que nada tem a ver com os tempos de hoje...Francamente!

António, há tanta coisa boa para ocupar o tempo...basta olhares a teu lado na rua...Olha que ganhas muito mais. Deste mundo só "levamos" o bem que tivermos feito. Desculpa a minha frontalidade, mas só assim poderei
ser tua amiga.

Beijinhos
betania

10:43 da tarde  
Anonymous microrocha said...

Ai Senhores...
Então não vêm que a Bíblia, embora livro sagrado, foi escrito nos anos de Troca o Passo, por um povo machista (árabe)? Em que o cabelo da mulher era visto como um símbolo sexual, e portanto, devia ser coberto quando se Orava?
Se levam estes textos em conta, e não os conseguem filtrar para os dias de hoje (que já n se aplica, mas estão lá...), pelo menos pensem que há quem o faça.
E pensem também que n é só a Bíblia q tem casos desses.
Na Constituição da República Portuguesa, há com cada coisa...que até ja foi sitado da TV!
Fico à espera...

7:39 da tarde  
Anonymous microrocha said...

Sim, eu sei q n foram os árabes a escrever a Bíblia!
E no comment anterior n escrevi isso. Falei foi do povo vigente, "das arabias" (muçulmanos e islamicos) se quisermos referir as religiões.
E sim, eram machistas (mas n o sabiam, porque nos é q o designamos).
Portanto, a mulher era vista como objecto sexual, e de "apoio" ao Homem.
E também percebi que só transcreveste o texto, não o comentaste. Mas como Cristã, Católica, Apostólica que sou, tenho que defender as minhas crenças, certo?
E, para acabar, o que eu queria dizer com filtragem, era que, nos dias que correm, com toda a evolução das sociedades, é preciso fazer uma filtragem à Bíblia, ao seu conteudo. Porque o que me pareceu, ao não fazer nenhum comment ao dito texto, foi que ele devia ser "analisado" tal como estava escrito? PAreceu-me que querias mostrar a força que ele tinha, com todas aquelas palavras...
Bem, se for necessario volto a explicar-me...

10:57 da tarde  
Anonymous microrocha said...

Ah...mais uma coisa!
É que, quem lê a Biblia ou parte dela, normalmente, lê e absorve exactamente o que lá está, mas fala da Igreja actual. Ora isso está erradissimo.
E quem teve catequese, quem vai à missa, e participa em todos esses rituais, sabe que estes textos são para ser filtrados (cá está o Filtro de que falava).
Porque se assim não fosse seriamos muito identicos aos islamitas, que como n filtram, são o que são!
E sim, os mulçumanos só surgiram por volta de VII d.c.
Mas o povo continuava o mesmo, senão na mesma linha!

11:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olha lá peste,muito gostas tu de lançar lenha para a fogueira.O que queres é espicaçar a populaça. Atingiste o alvo? :P Tarza
ps: é bom que verifiques, pois parece-me que rebentaste a escala da normalidade. :) Bjs tarz.38

2:24 da tarde  
Blogger azul said...

Olá caro António.
AInda dei um sorriso aqui com a tua "cópia".
Essas "férias" estão-te a fazer esquecer algumas das que apre(e)ndeste na primária...«Por detrás de um grande homem está SEMPRE uma grande MULHER».
Beijos

11:06 da manhã  
Blogger APC said...

Pois antes rapar a cabeça, que cobri-la!

E dito fica!

;-)

6:13 da tarde  
Blogger Fiat Inquisitio said...

Amigo,

Muito bem assinalado! Eu também tenho andado a procurar estas partes curiosas da Bíblia. Visite o meu blog quando puder.

http://ateupraticante.blogspot.com/

2:06 da tarde  
Blogger António said...

Eu não ando à procura de nada.
Encontrei esta parte por acaso há já muitos anos mas o Bíblia ainda tem a folha dobrada num canto...ah ah ah.

Abraço

2:21 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Meu querido...
Naquele tempo as prostitutas raspavam a cabeça... e as mulheres DECENTES da época também raspavam a cabeça... Quando o texto fala pra mulher colocar o véu, é pra que as mulheres decentes que tivessem a cabeça raspada não fossem confundidas com as prostituas da época!
Quanto à mulher ser submissa ao Homem, concordo plenamente!!! E isso não é machismo... porque MACHISMO a sociedade criou só pra surgir uma porção de mulheres rebeldes e libertinas que DETESTAM seguir ordens dos HOMENS... que Esses sim SÃO OS CABEÇAS DAS MULHERES e não o contrário!
Quando as pessoas realmente entederem a mensagem da Bíblia não ficarão postando comentários ignorantes como o seu!

ps: Desculpe pelo comentário... mas antes de qualquer crítica VÁ LER A BÍBLIA!!!
Abraços...

3:58 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

as palavras de um homem não podem mudar os pensamentos de muitas passoas de forma que pensei como ele a não ser se o que ele diz vem de alguém muito superior a ele.Paulo pregou e ensinou a multidões e ganhou muitas vidas para Cristo e fortaleceu muitas igrajas atreveis de suas cartas.multidões seguiram a Cristo não pelo fato de paulo ter falado mais porque Deus falou atreveis dele,por isso muitos passaram a pensar como ele.

8:38 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home