Eu sou louco!

Irreverência, humor, criatividade, non-sense, ousadia, experimentalismo. Mas tudo pode aparecer aqui. E as coisas sérias também. O futuro dirá se valeu a pena...ou melhor seria ter estado quietinho, preso por uma camisa de forças! (este blog está registado sob o nº 7675/2005 na IGAC - Inspecção Geral das Actividades Culturais)

A minha fotografia
Nome:
Localização: Maia, Porto, Portugal

quinta-feira, março 31, 2005

A última viagem

Nas próximas horas, ou nos próximos dias, irei a Vila Praia de Âncora.
Mas por uma má razão!
A irmã mais velha de minha mãe (já falecida) está neste momento às portas da morte no hospital de Viana do Castelo.
Já é muito velhinha, 92 anos, mas marcou-me de forma indelével ao longo de todos os anos que vivi.

E eu não posso deixar de lhe fazer aqui uma referência.
Sei que é uma questão minha, privada, que não vos interessa, mas não posso deixar de, mais uma vez, usar este cantinho para carpir as minhas mágoas. E como elas são grandes.
Como dizia repetidamente o meu velho pai:
"Quem não vai de novo, de velho não escapa".
Mas mesmo assim....
...ainda cá está e já sinto tantas saudades dela, a minha Tia Bela!
E lá estarei eu a acompanhá-la na última viagem.

10 Comments:

Blogger dinorah said...

força...

11:06 da tarde  
Blogger Loucura said...

Coragem! Beijinhos

11:30 da tarde  
Blogger Gado Bravo said...

Oh António, que atitude nobre. Pode não me dizer respeito... mas vai daqui dos Açores um abraço para si e um beijinho à Tia Bela.*

11:39 da tarde  
Blogger Gado Bravo said...

Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

11:39 da tarde  
Blogger Caiê said...

Por ser tão pessoal, vou dizer-lhe: fiz uma viagem exactamente igual, ou seja, sabendo que era a última, há um ano atrás.
Um abraço para si
***

12:14 da manhã  
Blogger Caiê said...

Vi agora o seu comment. Era isso que eu queria dizer. A última era a de quem me criou, não a minha, que volto lá de 2 em 2 meses. Ainda tenho lá família. *** beijos à tia, que precisa de força também, sem dúvida. Não é fácil enfrentar isso.

12:39 da manhã  
Anonymous Xinha said...

Xinhos de força :)

9:39 da manhã  
Blogger Viuva Negra said...

força ai ...

6:13 da tarde  
Anonymous betania said...

Todos os dias somos as arvores que vão perdendo folhas, ramos, troncos, raízes...e vamos ficando mais sós e mais pobres...

Particularmente sofro muito e lido
mal com as perdas...cada vez que se rasga mais uma página...é um tremendo rasgão na minha alma...

Não consigo ser de outra forma. Coragem António. É lindo saber que sentes carinho e a tia Bela certamente que fica contente por isso.
Beijinhos

10:42 da tarde  
Blogger Pipocas said...

De certeza a Tia Bela vai cheia de boas recordações. O António também fica com imensas. É importante a marca que nos fica. Ah... e ela não vai/ia querer vê-lo triste.

9:43 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home