Eu sou louco!

Irreverência, humor, criatividade, non-sense, ousadia, experimentalismo. Mas tudo pode aparecer aqui. E as coisas sérias também. O futuro dirá se valeu a pena...ou melhor seria ter estado quietinho, preso por uma camisa de forças! (este blog está registado sob o nº 7675/2005 na IGAC - Inspecção Geral das Actividades Culturais)

A minha fotografia
Nome:
Localização: Maia, Porto, Portugal

quarta-feira, novembro 30, 2005

Cena da vida familiar

Homem, mulher e filha de sete anos.
O despertador toca, como de costume, às sete horas e trinta minutos.
Enquanto o pai se arranja, a mãe ajuda a mocinha e vai fazendo algumas pequenas tarefas domésticas.
Quando a filha e o marido estão prontos, saem junto, indo este levar a menina à escola.
Entretanto, e dentro da rotina habitual, a dona vai tomar um duche.
Repentinamente, a água deixa de cair.
- Rai's partam esta merda! Que chatice! – pragueja a senhora.
Durante os poucos minutos de silêncio em que se enxuga com um natural mau humor, ouve a campaínha da porta a tocar.
- Porra! Agora está gente a bater à porta! – resmunga, irritada, a mulher.
Embrulha-se no roupão e vai ver quem é:
- Sou eu!
E ouve a familiar voz do marido.
- Que aconteceu? – pergunta a mulher.
- Desculpa minha querida, mas esqueci-me das chaves cá em casa. Fartei-me de tocar à campainha e ninguém vinha abrir a porta. Calculei que estivesses a tomar o duche e, com o barulho da água corrente, não ouvisses o toque. Portanto, pareceu-me que a solução mais expedita, até para a menina não chegar tarde à escola, seria fechar esta torneira de entrada da água em casa. Acho que resultou! – explica pormenorizadamente o marido.
- Olha que tu hoje não me dirijas mais a palavra! – diz a esposa reprimindo o riso com dificuldade.
- Ó mamã! Estavas toda ensaboada quando a água faltou? – pergunta a miúda por entre risadas e saltinhos.

(cena que, de facto, aconteceu hoje no Porto)

54 Comments:

Anonymous Anónimo said...

...não me digas!!...eras menino para fazer uma destas?Hum...a vingaça seria terrível,ou talvez não!!!ah!ah!
Está giríssima..só tu!!!como é que não queres que eu goste...de te ler'!!!
Beijinhos...ui!as fãs'!!!'é assim mesmo!!!eh!eh!
Gosto do teu sentido de humor,uma arma importantíssima num homem sedutor!!!Agóra é que vem aí munição!!!
ah!ah!
Sou a Maria,esqueces-te´-te de quem sou?'Pronto,vais ter que te lembrar,estive a ler ...o exercício ...intelectual!!!é fundamental para manter as células cá do quinto andar bem...ora então ,quem é amiga?beijos

10:34 da tarde  
Blogger wind said...

Gargalhadas:) Isto soa-me que foste tu que o fizeste. ehehehhe:))) beijos

10:44 da tarde  
Blogger António said...

Para "maria":

Obrigado pela visita.
Estou a ficar muito carcaça.
Lamento, mas não me lembro quem é a Maria.
E não fui eu o protagonista da cena. Não tenho filhos com 7 anos. Nem netos.

Beijinhos

11:02 da tarde  
Blogger pinky said...

uiiiiii com tanta água a cair e falta a água! é razão para dizer, que seca!
e a história tem continuação ou é short story? fiquei curiosa...
bjkas e bom feriado.

11:24 da tarde  
Anonymous A Papoila said...

António, António! Isso faz-se? Cortar a água no meio de um banho? Com o frio que hoje fazia no Porto! Pois que quem disfarça um sorriso com a situação, é angelical! Beijo

11:26 da tarde  
Blogger margusta said...

Adorei António....lolololol
Se fos-te tu ou não, isso não importa...o importante é que foi GENIAL..lololol...
Mas acho que és homem para ter feito isso....
Beijinhos amigo, obrigada por me fazeres sorrir.
Bom feriado.

11:37 da tarde  
Anonymous mocho said...

A alternativa que o "marido" arranjou está espectacular. O que interessa, em qualquer situação, é arranjar ideias - diferentes e originais - que extravazem o senso comum e consigam ter o sucesso e o efeito pretendido. Parece que foi o caso. Uma bicadinha com algum "eye liner" à mistura...

11:38 da tarde  
Blogger Caiê said...

Esse senhor expedito não serás tu?? Cheira-me! Ai, a tua mulher nunca se deve aborrecer contigo! eh eh eh! ***

12:31 da manhã  
Anonymous GR said...

Mais uma crónica magnífica!
Sem dúvida nenhuma, hoje foi duplamente gratificante!
Primeiro, a tua leitura deu-me muito prazer!
Segundo, uma ideia genial, para quem se esquece da chave!

Depois de uma longa reunião, ter lido esta crónica!
Dá-me vontade de dizer;
Hoje, o dia Valeu a Pena!

Um beijinho e um bom feriado!

GR

2:20 da manhã  
Anonymous Cris said...

Fizeste-me lembrar um episódio delicioso que aconteceu a uns amigos meus :-)
Eram duas amigas (perdoa-me, não vou por nomes porque o mundo é por vezes muito pequeno...rsss)
Ora, o marido de uma delas estava engripado e acharam por bem que ele ficasse de molho uns dias.
A outra amiga foi fazer-lhes uma visita, aproveitando para por a conversa em dia. A dona da casa precisava de dar um saltinho ao supermercado mas não demoraria mais do que dez minutos. Que fosse aproveitando para ver uma lingerie que havia comprado.
Bom, sózinha em casa, com a absoluta certeza de que o marido da sua amiga dormitava lá no quarto, foi até à salinha ver a dita lingerie.
Por certo que a amiga não ia importar-se se ela a experimentasse. Tinham o mesmo corpo, iria servir-lhe.
Estava ela a olhar-se ao espelho, a achar-se lindíssima, a pensar se compraria igual, quando a campainha toca. Bom, a amiga não havia levado a chave.
E com todo o à-vontade próprio de amigas desde os bancos da escola, foi abrir, e desata a falar que achava lindíssima a roupa interior, que podiam ir as duas ver se encontravam algo parecido, e mais isto e mais aquilo quando ouve:

- Minha senhora, era para entregar o fato que ficou para subir as bainhas e dar um arranjinho nas mangas, ao Sr Dr...



Adorei a tua história.
Tem um bom feriado e estou mais do que certa que não te vão faltar convites para muitos livros, muitos eventos e tudo aquilo que te vai dar imenso prazer fazer.
Um beijo amigo

2:30 da manhã  
Blogger Paula Raposo said...

Brilhante ideia!! Adorei! Beijinhos, bom feriado

3:02 da manhã  
Blogger lazuli said...

Mais engraçada do que a história é o modo como a contas!
Sempre com esse sentido apurado da observação, e o humor que tão bem sabes imprimir:)
Beijos!

4:05 da manhã  
Blogger Betty Branco Martins said...

Querido António

Aconteceu no Porto, mas podia acontecer em quaquer lado :)

Maravilhosamente bem contada (como sempre)

Beijinhos

Bom feriado

(e a tua negociação como está a correr?)

4:41 da manhã  
Blogger António said...

Para "GR"!

Obrigado por mais um "comment " tão elogioso.
Volta sempre!

Beijinhos

12:25 da tarde  
Blogger LetrasaoAcaso said...

Ah! Ficou muita espuma?...lol
Estou certo de que não foi o António quem cortou a água...ou foi? Lol

6:16 da tarde  
Blogger Alexandre said...

Deve ser tão giro ter uma familia, também quero uma :-)
Parabens pelo hino á simplicidade que, ainda por cima, está muito bem escrito.

Um abraço
Alex

6:28 da tarde  
Blogger Leonoretta said...

piada de mau gosto. de péssimo gosto.

se isto acontecesse comigo... tudo o que fosse louça voava pela janela e o primeiro a voar era quem me tinha fechado a agua.

seja como for... a ana e a leonor têm uma cena de uma tocar a porta e a outra nao atender porque está no duche.

abraço da leonoreta

7:01 da tarde  
Blogger Leonor C.(nokinhas) said...

Se fosse comigo não achava graça nenhuma. E ainda por cima com este frio!!!

Espero que tenhas passado um bom dia feriado.

Um abraço

9:31 da tarde  
Blogger nelsonmateus said...

se nã foste tu ... como é k sabes?

9:48 da tarde  
Blogger lena said...

belo este teu sentido de humor

mas olha que não sei, se me acontecesse a mim , com o meu "bom feitio" acho que metia o tal do marido na banheira com água gelada

não te assustes e não acredites muito, porque só digo que faço e depois esqueço-me


beijinhos meus

lena

10:23 da tarde  
Blogger Su said...

opsss isso não se faz:)))))
gostei da história
jocas maradas

11:11 da tarde  
Blogger nelsonmateus said...

aaaaaaaaah! então foi isso ... mas olha k a tua colega deve ter 1 sentido d humor muito apurado pork em minha casa nã acaba assim! eh! eh! eh!

hasta la vista chico! :)

11:33 da tarde  
Blogger pinky said...

...e assim foi feita a sua vontade!
mundanices a fazer no Porto, in my place! beijos,e bom fim de semana. ;)

2:55 da manhã  
Blogger Anna^ said...

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAAH
Bom eu só espero q a moda não pegue senão vai ser bonito...ai vai vai.

Quero mais relatos destes hehehheh

bjokas e um bom fds ":o)

11:02 da manhã  
Blogger hodiguitria said...

ehehheheh! Homem desenrascado? Não acredito nesta história.... ;)

1:08 da tarde  
Blogger a_guerreira said...

Um beijinho para o António. Continuarei a lê-lo com muito interesse! Obrigada por tantos (bons) momentos de leitura!

1:21 da tarde  
Blogger A_Amante said...

Bem so te digo, eu estrafegava o meu marido...
jinhos

2:47 da tarde  
Blogger Leonoretta said...

antonio
pelos comentarios que tenho tido la no sitio parece que o que me aconteceu ja aconteceu a toda a gente, o que prova, entao, que somos todos despassarados e, assim, concluindo a la palisse ou aristotelicamente, nao sao os despassarados que saem fora da linha do grafico: sao os passarados.

abraço da leonoreta

2:59 da tarde  
Blogger Ana Maria said...

Já fiz isso ao meu marido-hahaha
é um texto singelo mas com muita graça.

3:07 da tarde  
Blogger A.na said...

Talvez um amigo te tenha contado o que fez...e em tom de alta risota!!

Tu,não!?...tem mais de 7 o teu filho,lembro de teres escrito por aqui!
Cena de filme,cena nossa de tantos dias em que mais valia tomar um banho de espuma!

Andas longe...mas venho
sempre espreitar,curiosa menina!
Fazes-me rir,e eu gosto!

Eu,A.de saudades e
beijihos e abraços.

4:38 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Olá António!
A sério que ela estava a reprimir o riso??? Ganda mulher essa com tamanho sentido de humor! Primeiro, ser acordada por um despertador ás 7,30 da matina, o que já seria de deixar qualquer humor de rastos. Depois ficar sem água a meio do duche.......... bom, nem quero imaginar!!! Conseguir ter um laivo de riso que fosse para conter, é de facto uma coisa do outro mundo! Viva essa MULHER VIVA! (na minha opinião merece muito mais uma condecoração presidencial do que muitas que a receberam este ano!!!! eheheheh).

Beijinhos e optimo fim de semana
Ana Joana

6:24 da tarde  
Blogger Betty Branco Martins said...

Querido António

Passei aqui no teu "território" para te deixar ...

Um beijo grande

E um Bfs

7:47 da tarde  
Blogger pachita said...

Ahahaha!

Que história tão hilariante! E a forma com a escreveste está o máximo.

Muito bom, para variar! hehehe

Beijinhos

11:00 da tarde  
Blogger lazuli said...

provocas-me sempre um daqueles largos..sorrisos:)

2:55 da manhã  
Blogger Leonoretta said...

os passarados uma elite?

precisely...

ou como dizem os ingleses... precisamente.

11:38 da manhã  
Blogger António said...

Para "Ana Joana":

Tens toda a razão!
Espantoso o sentido de humor.
Porque não é uma mulher submissa.
Antes pelo contrário.
E ainda reconheceu: o meu homem esteve formidável e não me irritou; fiquei a gostar mais dele pela imaginação que mostrou.

Beijinhos

2:57 da tarde  
Blogger Eva Lima said...

Com este frio... ficavas a dormir na sala, pelo menos, uma semana...sem aquecedor.

2:58 da tarde  
Blogger Ovelha Negra said...

lol o k é certo é k funcionou

3:36 da tarde  
Blogger Ovelha Negra said...

tens de mandar um postaleco lol desde que não meta torneiras e água fria lol. realmente n tenho tido muito tempo...mas n me esqueço ;)

5:04 da tarde  
Blogger ka said...

eheheh.. tu eh mto ''sapeca'' mesmo.. coisa de guri essa... ehehe.. mas deve ser divertido viver com alguem assim..
beijinhoss
mmuackks

5:19 da tarde  
Blogger sonamaia said...

Oxalá os teus leitores não sigam o exemplo e comecem a fechar a água aos respectivos conjuges!! Se fosse comigo dava asneira e da grossa!!
Nem no Verão gosto de banhos de água fria!!

Se a história é mesmo verídica tenho que tirar o chapéu à mulher!!

Beijinho

8:00 da tarde  
Blogger Su said...

passei para te deixar uma joca marada

8:06 da tarde  
Blogger Mitsou said...

Ai que mau! :)))
Fartei-me de rir, António!
(Fico à espera da história da "vingança")

Beijinhos e um óptimo domingo!

9:08 da tarde  
Blogger António said...

Para "sonamaia":
Acho que deves mesmo tirar o chapéu à minha colega a quem isto aconteceu.
Só alguém com muito sentido de humor e um grande fair-play reagiria como ela.

Beijinhos

10:36 da tarde  
Blogger nelsonmateus said...

1 abraço, rapaz!
e viva as bohémias e o vinho tinto!

2:59 da manhã  
Blogger sonamaia said...

Sendo assim, presto as minhas homenagens à tua colega!! Grande mulher!! E que sentido de humor!!Deve ser bem agradável trabalhar com alguém assim!!

beijo

9:40 da manhã  
Blogger António said...

Para "sonamaia":

É uma das pessoas de quem ficarei com saudades, se me vier embora.
Ela e muitas mais, felizmente.
(foi uma das que foi abanar o capacete para a discoteca por cima d'"A brasileira")

Beijinhos

12:24 da tarde  
Anonymous Sandra said...

Ah ah ah!
Boa estratégia, mas como quem se costuma esquecer das chaves sou eu, já aprendi o que posso fazer. Só para o pequeno não chegar tarde...

3:44 da manhã  
Blogger Xuinha Foguetão said...

Fosse comigo! :)

Ganda lata!

Beijocas.

12:16 da tarde  
Blogger Malae said...

Amigo António! Sempre genial a descrever estes momentos simples da vida que ganham outra força através das tuas palavras! =)

Hilariante a estória! Não sei se ele escaparia ao rolo da massa ehehehehe! Mas que teve uma ideia imbatível é bem verdade! =)

Beijinhos grandes,amigo!
Malae**************

4:35 da tarde  
Anonymous Andréa said...

Oie!!!
Adoreiiiii....
Olha... quando vc lançar um livro de crônicas... eu quero um autografado viu?!
huauhauhhahauhahu
Bjussssssssssss

11:14 da tarde  
Blogger Erotika said...

Já me fizeram isso tambem :):):):):):)

6:35 da tarde  
Blogger Erotika said...

Bem quando me fizeram isso, porque não ouvia a campainha, e vi que afinal a agua não tinha faltado, desatei a rir e toda feliz acabei o meu banho, preferi a situação do que me ter faltado mesmo a agua :)

10:57 da tarde  
Blogger heidy said...

Ainda a minha mana se queixa de que o gaz termina sempre com ela. Tadita da moça... esta foi bem pior...

9:59 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home